,

Nova versão WhatsApp para empresas

O WhatsApp vem ensaiando, há bastante tempo, lançar um recurso que lhe permita ganhar dinheiro. E uma matéria do site WABetaInfo, que é especializado em novidades sobre o aplicativo, surgiu hoje com mais detalhes sobre como esse recurso deve funcionar. Resumidamente, deve tratar-se de um aplicativo separado para pequenas e médias empresas.

Segundo o site, o aplicativo se chamará “Small and Medium Business” (literalmente, pequenos e médios negócios). As empresas que quiserem utilizar a plataforma precisarão instalar esse app, mas as pessoas poderão se comunicar com as empresas usando apenas o aplicativo principal do WhatsApp. Elas também poderão escolher se querem receber mensagens de empresas – caso não queiram, poderão continuar a usar o aplicativo de mensagens normalmente, do jeito que ele funciona hoje.

Usando esse outro app, as empresas poderão enviar mensagens estruturadas. Elas são maiores que as mensagens de texto tradicionais e podem incluir várias partes, como vídeo, imagens e texto traduzido. Ou seja: a empresa pode escrever o texto apenas uma vez, e o WhatsApp traduz a mensagem para todos os usuários do mundo. As mensagens que o usuário enviar de volta à empresa também serão traduzidas, se necessário.

Por meio desse recurso, as empresas poderão fazer uma série de comunicações aos usuários do app. Segundo exemplos já dados pelo WhatsApp, bancos poderão informar usuários caso detectem alguma movimentação irregular em suas contas, e linhas aéreas poderão alertar os passageiros caso seus voos atrasem.

Mas, de acordo com o WABetaInfo, as primeiras empresas a usar essa novidade serão as que gerenciam apps de carona, como Uber e 99. Esse recurso será desenvolvido em parceria com essas empresas para que elas possam, por exemplo, enviar notificações pelo app de mensagens quando o motorista chamado pelo usuário estiver chegando.

Contas de empresas

Organizações que quiserem usar os novos recursos precisarão instalar o aplicativo e concordar com termos especiais de serviço. Haverá dois tipos de empresas diferentes: as verificadas e as não verificadas. Naturalmente, as verificadas serão aquelas que o aplicativo considera que representam um negócio oficial e confiável. Elas se diferenciarão das demais porque terão um ícone verde ao lado de seu nome. Veja abaixo como será a página das empresas verificadas:

Reprodução

As empresas que entrarem no aplicativo precisarão escolher um nome de acordo com a política do WhatsApp; senão, serão imediatamente rejeitados. E, uma vez que o nome seja escolhido, ele não poderá ser alterado. A empresa precisará criar outra conta caso queira mudar seu nome. Ela terá de inserir seu site e endereço de e-mail.

Também será possível escolher uma foto para o perfil da empresa, mas isso, de acordo com o site, será opcional. E, por meio do aplicativo, as empresas poderão ver estatísticas detalhadas quanto às suas interações com os usuários, como quantas mensagens enviaram, quais delas foram entregues e quais foram lidas.

Vale lembrar que indícios sobre esse recurso vinham aparecendo há bastante tempo. Recentemente, algumas vagas de emprego postadas pelo WhatsApp deram a entender que a empresa pretendia em breve começar a gerenciar esse novo app – e tinha o Brasil como um de seus mercados de foco. Também vale notar que muitos dos recursos que o WhatsApp pretende implementar já existem em formato semelhante no Telegram.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *